sexta-feira, 23 de abril de 2010

Caminho del Salvador - Espanha

O caminho del Salvador liga as cidades de Léon em Castilla-Léon e de Oviedo na região das Astúrias. Sendo um itinerário que atravessa a cordilheira cantábrica aconselha-se que não iniciem a caminhada em Léon, ou caso o façam optem por efectuá-lo em 5 jornadas.
Essas etapas anteriores ajudam a que o corpo se adapte ao peso da mochila e ao esforço evitando lesões que podem acabar com a viagem ou torná-la menos interessante e muito desconfortável.
Caso se faça este percurso entre o Outono e início da Primavera há que ter atenção às condições meteorológicas na montanha e ter material e preparação física adequados às situações. A neve surge com frequência e acumula-se nos pontos mais altos durante vários meses.
Eu fiz os cerca de 120 km em 4 etapas.

A primeira etapa liga Léon a Buiza e tem a extensão de 40 km. Há igualmente a possibilidade de ficar em La Robla caso escolham fazê-lo em 5 etapas. Pode ser uma óptima opção para a adaptação.
O Albergue de Buiza é novo e situa-se à entrada da aldeia nas antigas escolas primárias.
Buiza não tem supermercado portanto se se pretende cozinhar é necessário abastecer-se antes de chegar.



A segunda e mais dura etapa do circuito é a que liga Buiza a Pajares. Esta etapa tem várias opções mas caso se faça pela montanha são 24,5 km de subidas e descidas íngremes e o desnível acumulado no final da etapa é grande. Nesta etapa a presença de neve é quase certa durante 6 meses (Outubro/Novembro a Abril).
Muita atenção quando se desce do Puerto de Pajares pela estrada. Não tem berma e tem muito tráfego de camiões. Sempre que se possa optar pelo trilho até Pajares.
O Albergue tem boas condições e há restaurante na localidade.


A 3ª etapa começa com uma descida muito íngreme até Santa Maria ao que se segue uma subida por um trilho em calçada até ao caminho que liga a Llanos de Somerón.
A partir daí começa a ser essencialmente a descer sendo que existem pedaços coincidentes com a estrada nacional.
Mieres del Camiño é uma pequena cidade com um polígono industrial enorme e uma história ligada à exploração mineira nas Astúrias.
O Albergue fica em La Peña uma localidade a 1 km em direcção a Oviedo que segundo me informaram é um local de casas custos controlados.
Se pretende comer no albergue o melhor é abastecer-se em Mieres que tem diversos supermercados e restaurantes.

A 4º etapa tem apenas 19 km até à belíssima cidade de Oviedo. O trilho não é difícil e tem alguns miradouros sobre a cordilheira cantábrica que merecem uma paragem para a contemplar. O percurso urbano está bem marcado e termina na Catedral.
Terminá-lo num Domingo de Páscoa tem a vantagem de poder ver a procissão com os encapuzados e usufruir de toda a ambiência própria desta quadra tão importante em Espanha.

2 comentários:

Vagamundos disse...

120 kms em 4 dias é obra!!! Nós vamos ter que nos ficar pela opção dos 5 dias... ou dos 6 :)
Abraços

Tiago Viana disse...

É demasiado mas teva a ver com o entusiasmo, alojamento e querer chegar Domingo de Páscoa a Oviedo.
O melhor é em 5 dias sem dúvida.
Ou em seis porque nenhum caminho deve ter horas ou dias para chegar não é? Certos dias apetece é sentar lá em cima e aproveitar o sol.